Home > Região > Obras municipais recomeçam

Obras municipais recomeçam

As obras do Convento do Carmo já recomeçaram, assim como as da Praça Coberta, na antiga Garagem dos Claras.

No estaleiro da obra do Convento do Carmo já é possível ver as coisas «a mexer», garantiu a “O Almonda”, o Presidente da Câmara, Pedro Ferreira. Sobre a obra da Praça do Peixe admitiu que não está a decorrer com a rapidez desejada, mas que «está a andar». Ali houve um pequeno contra-tempo, teve de se concluir a ligação do sub-teto que deverá estar concluída no final da semana. Na outra extremidade da obra já se começou a colocar o piso, explicou.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

One thought on “Obras municipais recomeçam

  1. Pelo seu valor nutricional intrínseco e pela posição que o figo preto assumiu na história económica de Torres Novas, este fruto deveria merecer outra atenção nesta região. Em todo o país o figo preto é conhecido como “Figo Preto de Torres Novas”. Esta MARCA deveria ser explorada de outra maneira, com enorme potencial em função da possibilidade de se consumir o fruto fresco, em calda ou seco, transformado em aguardente, mas também como ingrediente na doçaria ou como alimento energético.
    Faz-me muita pena ver, nesta altura do ano, o Figo Preto de Torres Novas (FPTN) completamente desleixado nos imensos figueirais da região implantados à custo por sucessivas gerações de torrejanos.
    Acho que o figo preto deveria ter um destaque especial na Feira Nacional do Fruto Seco. Só muito lateralmente se percebe que se trata também da feira do figo preto. Porque não permitir, no âmbito dessa feira que os agricultores da região vendam o FPTN numa espécie de feira franca para atrair compradores de Lisboa e outras cidades que procuram pelo FPTN, mas sabem onde compra-lo em Torres Novas. Aliás, “a capital do fruto seco” não deveria resumir-se a feira anual: deveria ser fácil de comprar frutos secos na cidade, em qualquer altura do ano. Quem tem coragem abrir uma loja especializada na zona histórica ? Tenho a certeza que os turistas, nacionais e estrangeiros, apreciariam o nosso FPTN!

Comments are closed.