Home > Região > Tribunal de Contas dá visto à obra do Convento do Carmo

Tribunal de Contas dá visto à obra do Convento do Carmo

Na quarta-feira, dia 29 de julho, foi conhecida a decisão do Tribunal de Contas que deu o “visto” ao novo concurso para a obra do Convento do Carmo.

A adjudicação, recorde-se, foi feita por 2 milhões e 485 mil euros à empresa Gabriel S.A. Couto, com um prazo de execução de 180 dias e visa a recuperação e conclusão da reconstrução do antigo edifício do Convento do Carmo, contemplando essencialmente trabalhos de execução de infraestruturas, acabamentos e arranjos exteriores, uma vez que as estruturas e alvenarias estão praticamente todas executadas.

A adjudicação foi aprovada em março, em reunião de câmara extraordinária pública, com os votos favoráveis do PS, PSD e abstenções da CDU e do BE. O valor desta proposta é inferior em 34,6% ao preço base do procedimento. Foram admitidas a concurso 18 propostas.

Em declarações a “O Almonda” o Presidente da Câmara, Pedro Ferreira, explicou que há muito a fazer para concluir, mas, por outro lado, também no interior da obra já grande parte havia sido feita pela empresa anterior.

A expetativa é de que a empresa que agora retomará os trabalhos consiga concluí-la até dezembro de 2015. Pedro Ferreira reuniu na segunda-feira, dia 3 de agosto, com os responsáveis da empresa para fazer acertar a consignação da obra. De acordo com o presidente também os responsáveis da empresa estarão «desejosos de começar» e por isso será muito provável que ainda na primeira quinzena de agosto se veja o retomar da obra do Convento do Carmo.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *