Home > Região > Utentes de Saúde preocupados com atraso na contratação de médicos

Utentes de Saúde preocupados com atraso na contratação de médicos

A Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT) manifestou a sua apreensão com o atraso na contratação de médicos, tendo pedido aos autarcas da região que «reforcem a pressão» junto da tutela.

As preocupações referem-se a questões como o «atraso na contratação de médicos, que poderá inviabilizar a melhoria e a continuação de alguns serviços, a deslocação de serviços entre unidades hospitalares, o aumento da lista de espera cirúrgica, e a incidência das infeções hospitalares», disse o porta-voz da estrutura de utentes, Manuel José.

A comissão de utentes está «apreensiva» com a perspetiva de aplicação da portaria que classifica 48 unidades hospitalares de Norte a Sul do país e com a eventual criação do agrupamento hospitalar no distrito.

Numa reunião com os autarcas com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, a Comissão de Utentes levou propostas para a «elaboração de uma futura carta da saúde» para o Médio Tejo e transmitiu a sua «preocupação com a falta de médicos de família em alguns concelhos, situação que se poderá agravar com as férias de verão», sugerindo que as autarquias «reforcem a pressão junto do ministério para que sejam tomadas algumas medidas de caráter excecional».

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *