Home > Região > “O medidor de passos” estreia quinta-feira no Virgínia

“O medidor de passos” estreia quinta-feira no Virgínia

O Teatro Virgínia vai acolher a estreia da peça “O medidor de passos”, de Marta Tomé, Hugo Gama e João Luz. Escrita, encenada e dirigida pelo trio de autores, com um elenco amador e recrutado para o efeito, “O medidor de passos” propõe-se a recuperar o tema do “Amor”, com pequenas histórias que querem convidar a pensar e a sentir. A estreia está marcada para quinta-feira, dia 26, no Teatro Virgínia.

Numa conversa com a imprensa João Luz explicou que o texto está estruturado em blocos, onde cada um é um monólogo. Serão onze no total, intercalados com performances em vídeo. Pode-se falar numa sucessão de poemas ou de prosa poética, com capítulos, onde se procura fugir à descrição clássica. Cada intérprete tem uma história, tal como nós, na nossa vida, temos a nossa história. E tomos temos histórias de amor. É disso que a peça fala, explicaram os autores, de histórias de amor, diferentes, todas elas singulares, onde cada dilatação ou retracção do espaço que ocupamos influencia a história do outro. Revelando um pouco mais, João Luz arriscou confessar o propósito das histórias: «Recuperar a dignidade do melodrama». Esse, que por força da carga negativa que foi recebendo ao longo dos anos, «caiu em desgraça». E as histórias melodramáticas não são necessariamente “pirosas”, mas quando hoje em dia se fala em melodrama há imediatamente essa ideia.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *