Home > Colaboradores > Joaquim Canais Rocha > O Natal vai chegar…

O Natal vai chegar…

A época natalícia já chegou e o movimento de pessoas na rua, já é outro. O centro histórico da cidade já tem a iluminação habitual em várias – nem todos, o que é pena – apresentam já outra iluminação onde as cores e artigos alusivos ao Natal marcam presença. Porque é a iluminação e Porque sem investimento torna-se mais difícil rentabilizar os artigos ou materiais para venda. Mas para lá de toda esta azáfama existe uma outra que é indispensável nesta época, a Música Natalícia. E paralelamente uma certa animação de ruas, com músicas ou figuras natalícias a desfilarem pelas ruas principais. Em tempos tivemos um comboio que percorria o centro da Cidade, com a família a utilizar este meio de transporte. Ou simplesmente o Pai Natal com a sua carroça cheia de rebuçados para as crianças, que eles tanto gostam. Há que inovar e dar vida a uma época singular na vida de todos nós. O Natal faz o milagre de aproximar as pessoas umas das outras. O sorriso é outro e a alegria é mais contagiante. Apesar das dificuldades da vida há sempre uma forma de as contornar e olhar à nossa volta e observar que a vida tem coisas maravilhosas e uma delas é a verdadeira amizade entre os amigos. É um tempo de amor ao próximo e quase é proibido não sorrir.

Também é um tempo dos nossos emigrantes regressarem ao seu país de origem a visitar familiares e amigos. Porque o Natal, para lá de tudo, é sem dúvida a Festa da Família numa noite que se espera seja longa e as saudades e as prendas marquem presença. Todavia não nos devemos preocupar muito com as prendas, que por vezes são o centro de todas as atenções. Porque o Natal não é só dar ou receber, mas o mais importante é matar saudades dos que estão connosco e viver com alegria o verdadeiro espírito da época natalícia. É bom que as nossas tradições se mantenham e não irmos atrás de modernismos que nada têm a ver com o Natal. A nossa Cultura e Identidade são factores que fazem parte das tradições que nos identificam como um Povo diferente dos outros que fazem parte deste mundo global. Nós temos história e cultura e acima de tudo, somos uma Nação que já dominou uma parte do mundo e que hoje são nações.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *