Home > Aldeias > Academia do Bacalhau do Ribatejo “reuniu” nas Moreiras Grandes

Academia do Bacalhau do Ribatejo “reuniu” nas Moreiras Grandes

A Academia do Bacalhau do Ribatejo fez uma “investida” pelas Moreiras Grandes, reunindo à mesa amigos e compadres, para degustar o fiel amigo e contribuir para uma causa solidária, ajudando a IPSS de Assentis, no domingo, dia 30 de novembro, na sede do Centro Recreativo e Cultural da localidade.

Um bom número de convivas reuniu a convite da Academia do Bacalhau do Ribatejo que, explicou o presidente da associação, António Leal, assenta na amizade e na solidariedade. A “Academia do Bacalhau” nasceu na África do Sul, em Joanesburgo, estendendo-se depois pela diáspora portuguesa, existindo hoje em dia 56 congéneres. Nestes encontros, ditam as regras, é proibido falar de política, futebol, religião ou negócios, tendo o propósito de afastar temas que gerem polémica, procurando aproximar as pessoas, apesar das suas diferenças. Para ser “compadre” basta comparecer a 5 convívios promovidos pela academia, geralmente jantes, mas, desta feita, foi um almoço.

Para o ambiente festivo contribuiu a Tuna Académica de Leiria, que acolheu os participantes e depois atuou durante o almoço. Pelo meio houve também a participação das “Camponesas de Riachos”, sobejamente conhecidas na região.

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook