Home > Teatro > “A Verdadeira Treta” no Teatro Virgínia

“A Verdadeira Treta” no Teatro Virgínia

Na sequência dos espectáculos anteriores, “Conversa da Treta” e “A Treta Continua”, a  “A Verdadeira Treta” apresenta-se em palco com histórias de humor e maldizer escritas por Eduardo Madeira e Filipe Homem Fonseca. No último sábado de Fevereiro, “A Verdadeira Treta” esteve em Torres Novas com lotação esgotada, onde o público assistiu a perto de duas horas de muito boa disposição.

Zézé e Toni vão levantar dinheiro a uma caixa Multibanco e, como conversa puxa conversa, ou melhor, no caso deles, como conversa da treta puxa conversa da treta, passam uma infinidade de tempo a falar de tudo e mais alguma coisa.

Desde o preço do petróleo, às operações plásticas, à paranóia com a segurança, até à educação, à saúde, e ao aumento dos juros, tudo é esmiuçado pela óptica arrevesada e demente destes dois mamíferos da famosa espécie “Chico-Espertus Lusitanus”.

A aventura Conversa da Treta começou no Auditório Carlos Paredes, em 1997, e desde então já correu o país, foi um programa de rádio e uma série televisiva. O DVD, o livro e o filme vieram mais tarde confirmar o sucesso da dupla. Em 2008, apresentaram A Verdadeira Treta, um regresso à essência da “filosofia do disparate” que já fez rir milhares de espectadores…que há muito reclamavam por mais!

Em Torres Novas, no último sábado do mês de Fevereiro, o Teatro Virgínia teve lotação esgotada e o público não parou de rir e aplaudir.

No final do espectáculo, José Pedro Gomes e António Feio estiveram à conversa com O Almonda… 

 

Célia Ramos

Deixe-nos o seu comentário pelo facebook