Home > Colaboradores > Jorge Pinheiro

Setenta anos a Cantar – 1

Muitas são as recordações da minha vida de “cantor”, desde menino, mais propriamente desde 1955, quando me estreei num espectáculo no Teatro Virgínia velho, no Largo do Paço, organizado pela paróquia e a favor da catequese. Este espectáculo foi preparado por muita e boa gente da nossa vila de então,

Read More

Quanto mais mexes na m…

Ao regressar aos meus escritos no semanário “O Almonda”, venho responder a alguns leitores e amigos, que sempre que me encontram perguntam por mim, pelas minhas crónicas, informando que as mesmas lhes trazem saudades, pois ao lê-las recordavam os seus tempos de mais novos e isso dava-lhes enorme prazer.

Read More

A tertúlia do Damásio

Desde há alguns anos a esta parte, todas as terças feiras, certa rapaziada encontra-se à hora de almoço, à volta de uma mesa, para conviver, recordar velhos tempos, saber as novidades, comer belos pitéus confeccionados pelo colega Diamantino Rosa, belas sopas e óptimos pratos para saborear e de chorar por

Read More

A pirâmide de Natal

Já lá vão muitos anos, estávamos no tempo em que a Rádio Local de Torres Novas ainda era uma rádio pirata e dava cobertura a espectáculos no teatro Virgínia, a concertos corais e outros, a desfiles de Carnaval que nessa altura faziam desta vila de Torres Novas uma terra onde

Read More

O meu fado

Foi em Junho de 1955, tinha eu portanto 8 anos, que cantei o fado pela primeira vez. Foi precisamente o fado de Vila Franca, e cantei-o no Teatro Virgínia antigo ali no largo do Paço na então vila de Torres Novas. Nessa altura três personagens tiveram grande influência no

Read More

Choral Phydellius – Hotel da Balaia

Relembrando a viagem do coral ao Algarve, penso que a convite da gerência do Hotel da Balaia, já lá vão 40 anos, ainda recordo a forma magnífica como fomos recebidos ao fim da tarde pelos responsáveis. Começou-se pela instalação da maioria dos elementos pelos quartos do hotel, lembrando-me que alguns

Read More

O Padre Saraiva

Venho hoje aqui recordar-me de um amigo de infância, um amigo muito simpático e sereno que ao longo dos anos me serviu de exemplo de vida, o amigo Padre Joaquim Saraiva Abrantes, o senhor Padre Saraiva como sempre foi conhecido em Torres Novas. Para além da sua afabilidade e humildade

Read More

Que vivam os noivos !

Nos tempos actuais, para os jovens que se casam tudo são rosas e facilidades, existem casas que só se dedicam a casamentos, batizados e outras festas, com lotações de algumas centenas de convivas, com cozinha apropriada e ementas diversas, das mais requintadas e caras até às mais singelas, bastante mais

Read More

Pombos correios – A cirurgia

Regra geral todos os columbófilos baptizam os seus pombos desde pequenos, ou pelo seu aspecto, ou pela bravura ou docilidade, ou por outros quaisquer motivos. Desta forma existem os mais díspares nomes e mesmo aqueles que têm muitos pombos, conhecem pelo nome de baptismo quase todos os seus atletas e

Read More

Desportos do nosso bairro

Memórias (124) Desportos do nosso bairro A minha meninice foi dedicada em grande parte à brincadeira e ao desporto com os amigos. A sede das actividades desportivas, nomeadamente do atletismo juvenil era em casa da D. Natividade, costureira, ali junto à fonte pública que existia na Calçada António Nunes. Eu

Read More

A Brotoeja

Corriam os anos de 1963 ou de 1964 e foi-nos apresentada uma proposta para participarmos num inquérito à agricultura e pecuária, que ia começar a ter lugar por todo o país, promovido pelo Instituto Nacional de Estatística e supervisionado pela Câmara Municipal. A ideia era fazer a cobertura de todas

Read More

O hastear da bandeira

Isto de estar de serviço num quartel ao domingo era coisa que todos os oficiais, sargentos e praças procuravam evitar, pois ficar longe das famílias e das suas terras custava muito. Ao longo da semana procuravam efectuar trocas com outros colegas de patente, algumas delas a troco de uns escudos

Read More

A Rua do Nogueiral

Tenho saudades da antiga Rua do Nogueiral, que ligou durante muitos anos a zona do Lamego até à Central Eléctrica, com um desvio para as Casas Altas. Já hoje tenho alguma dificuldade em lembrar essa zona de antigamente, pois da minha Rua de Valverde para ir até ao campo de

Read More

A Rua Nova de Dentro

  Sempre me habituei a observar a Rua Nova de Dentro ou não estivesse ela mesmo defronte da janela da minha casa no Largo da Rua Nova a Valverde.   Para ali fui viver com um ano de idade e aquela rua sempre despertou em mim sentimentos de curiosidade e de interesse, pois

Read More

O Natal maroto de 1967

  Alguma malta do Choral e mais alguns amigos, resolveram numa Noite de Natal ir cantar e tocar a algumas casas de gente mais rica da vila com o intuito de angariar fundos para uma boa jantarada sendo o restante dirigido para as vítimas das inundações, ocorridas em Novembro de 1967.            

Read More

Barba ou Cabelo ?

  Vai-se tornando cada vez mais difícil para um homem da década dos quarenta do século passado, encontrar um barbeiro dos velhos tempos do corte de cabelo tradicional com risca ao lado , da barba bem escanhoada ou das patilhas bem aparadas, um barbeiro que regra geral começava com a pergunta:

Read More

O saudoso Salão do Salvador

  Quantos torrejanos do meu tempo e de tempos anteriores ao meu se não recordarão com saudade do velhinho e hoje inexistente Salão do Salvador, pequena sala de espectáculos mas ponto de encontro de muitos torrejanos, ou por pertencerem à Catequese, à Juventude Operária Católica ou a outras organizações da paróquia,

Read More